Incluindo seu cãozinho no casamento

1
  • 05 outubro 2015
  • Lorenna Bastos
  • Tags: , , ,
  • -
    Quem me conhece há muito tempo sabe: nunca fui apaixonada por animais. Sempre condenei os maus tratos, às vezes até me aproximava de algum, brincava de longe, mas não passava disso. Quando encontrei Nina tudo mudou e comecei a entender o que é o amor e a consideração por um bichinho. 

    Hoje me pego pensando que se Nina existisse antes de nos casarmos gostaria que ela tivesse participado de alguma forma do casamento (posso visualizar nesse momento o marido balançando a cabeça negativamente...hahaha). Tudo bem que nossa “cã” é um pouco agitada e que se eu a colocasse pra levar as alianças certamente ela destruiria a cerimônia, mas tentaria incluí-la nem que fosse em uma foto da prévia, por exemplo.

    -
    Se os pets são como membros da família nada mais justo que estejam presentes em um dos dias mais importantes das nossas vidas né? Seja levando as alianças ou participando do ensaio pré-wedding, eles podem (e devem) fazer parte desse momento desde que algumas coisas importantes sejam levadas em consideração:

    1. Casamento é um ambiente com muita gente e música alta, portanto a chance do seu cachorro ficar agitado é enorme. Antes de decidir levá-lo, pondere sobre o comportamento dele em situações de estresse.
    2. Caso você queira que o cãozinho entre com as alianças procure o auxílio de um adestrador competente para treiná-lo para a função.
    3. Não deixe o cão entrar sozinho. É bacana (e mais seguro) que alguém o leve pela coleira. Se a gente já treme na base ao passar por aquele corredor interminável, imagina seu cachorro que mal sabe o que tá fazendo ali, né?!
    4. O ideal é que a cerimônia seja em um local aberto pra que ele se sinta mais a vontade.
    5. Caso seja na igreja, não se esqueça de perguntar se o local aceita a participação do cachorro. Geralmente não aceita.

    -
    6. Escolha alguém de sua confiança e que o cãozinho goste pra cuidar dele antes e depois da cerimônia, alimentando e dando água, caso seja necessário. Isso não é função do cerimonial!
    7. Falando em cerimonial, não deixe de avisá-las sobre essa participação. Pode ser surpresa pros convidados e até para o(a) noivo(a), mas para o cerimonial jamais!
    8. Parece óbvio, mas é importante cuidar pra que ele esteja com as vacinas em dia, com as necessidades feitas, além de cheiroso e limpinho.
    9. É muito fofo que ele esteja trajado de acordo com o evento, mas caso não tenha costume deixe-o a vontade. Cachorros são lindos vestidos ou pelados!
    10. Você conhece seu cão mais do que ninguém, se ele não for sociável ou se agite facilmente, escolha outras formas dele participar: pode ser na foto do Save The Date, no ensaio prévio de vocês e até no making of.

     -
    Apesar de não ser veterinária, nem uma grande especialista em animais, minha experiência com Nina me fez pensar nesses detalhes que não podem ser deixados de lado ao se cogitar a presença do nosso bichinho de estimação no dia do casamento. É importante pensarmos nisso antes, pra que a participação dele seja linda e inesquecível!

    Beijos,
    Lorenna Bastos

    1 comentários :

    1. Gessica Morais (Kinha) disse...
    2. Fica lindo demais..
      Beijo
      ;)
      www.umalindapromessa.com


    Postar um comentário