Diário de Noiva | Cerimônia

2
  • 15 outubro 2015
  • Lorenna Bastos
  • Tags: , ,
  • -
    Aviso aos navegantes: preparem-se pra um post enorme. É um desafio resumir em poucas linhas e fotos todos os detalhes da cerimônia do nosso casamento. Mas vamos começar do começo pra gente não se perder.

    A cerimônia estava marcada pras 17h, porque eu queria muito que ela acontecesse à luz do dia. Muitos fornecedores já tinham me alertado pra possibilidade de não começar no horário marcado e eu falava que mesmo que os padrinhos não estivessem eu entraria. Mas como dá pra ver pelas fotos não foi bem assim que aconteceu. Sempre dizem que quem atrasa é a noiva, mas posso afirmar categoricamente que em 90% dos casos não é.
    Às 16h eu estava prontíssima só esperando o “ok” do cerimonial pra ir pra chácara, mas um casal de padrinhos não tinha chegado. E aí eu fiz o que dizia que não ia fazer: esperei. Confesso que fiquei muito chateada, quase chorei pensando que não ia ser do jeito que sonhei, mas resolvi esperá-los porque essas pessoas são especiais demais pra mim e se desdobraram pelo meu casamento (não era à toa que tinham sido escolhidos como padrinhos). E mais, coloquei na minha cabeça que não me abalaria por nada de errado que acontecesse naquele momento. Era o nosso dia, o dia que sonhamos por tantos anos, não era justo que eu deixasse que detalhes atrapalhassem nossa alegria. E assim foi.



    Além dos padrinhos, seis casais ao todo, tivemos duas damas de honra grandes: minha irmã e minha melhor amiga, e uma menor: minha prima que é nosso xodó desde sempre. Particularmente não gosto daqueles cortejos enormes, com 365635 padrinhos e damas, então no cortejo estavam basicamente nossa família e dois casais representando todos os nossos amigos. Pessoas absolutamente especiais. Pra celebrar escolhemos dois pastores: um que me pastoreou durante a infância e adolescência e outro que é atual pastor da nossa igreja. Apesar de ter dois celebrantes a cerimônia não foi longa.

      





    Nós fizemos nossos próprios votos e marido arrasou no dele. Me deixou no chinelo. Até hoje comentam dos votos e teve gente no dia dizendo que queria casar com ele depois daquele texto lindo. (Hahaha...) Ah, eu cantei pra ele uma música que tem muito a ver com nossa história e que nos lembrou de tudo que enfrentamos pra estar ali celebrando e agradecendo a Deus pelo nosso amor.

    Pra levar as alianças escolhemos alguém que tem uma importância enorme em nossa vida: Tia Zélia. Ela ajudou a me criar e é minha segunda mãe, dormi com ela no mesmo quarto até a véspera do casamento, então não teria pessoa mais adequada pra levar esse símbolo tão precioso. Depois dos votos, esse foi um dos momentos mais emocionantes da cerimônia, porque todos sabem o quanto a amamos e o quanto ela sempre torceu e orou por nós.




    Sei que a maioria dos casais se preocupa muito mais com os detalhes da festa, eu também me preocupava com isso. Mas em todo tempo de preparativos nosso foco era a cerimônia, porque além de selar nossa união, era um culto de gratidão a Deus por tudo que Ele havia feito nas nossas vidas. Ele era o principal convidado e nós gostaríamos que todos percebessem a presença Dele ali.

    (Ao invés da mão esquerda, ele me deu a mão direita pra colocar a aliança e só quando já tava terminando de colocar é que me dei conta! hahaha)

     

    -
    Tivemos outros pequenos inconvenientes (como a chuva de mosquitos que resolveram fazer festa no altar na hora da cerimônia, o músico que ia tocar na recepção que quase não chegou, etc), mas nada disso tirou o encanto daquele momento e muitas dessas coisas os convidados nem perceberam.  Quando eu falo disso é pra que você entenda que mesmo com todo planejamento e organização imprevistos acontecem, mas cabe a você escolher se vai deixar que eles te frustrem. Eu escolhi não me entristecer a aproveitar ao máximo aquele dia. Pra nós nosso casamento foi perfeito, mesmo com todas as imperfeições.

    Beijos,
    Lorenna Bastos
      

    Cidade: Petrolina-PE | Local: Chácara Beija-Flor | Fotografia: Felicità | Buffet, doces, buquê e decoração: Jackeline Maia Buffet e Eventos | Iluminação: DJ Pipoca | Porta-aliança: Mãe da Noiva | Plaquinha de madeira: Noivo | Cerimonial: Elegance | Vestido de noiva: Carmem Militão Ateliê 

    2 comentários :

    1. Gessica Morais (Kinha) disse...
    2. Own, que lindoo!
      Parece ter sido emocionante..

      Beijo
      ;)
      www.umalindapromessa.com

    3. Ana Maria Lopes disse...
    4. Quantaaaaaa LINDEZA!

    Postar um comentário