Conversando sobre: Valor x Preço

1
  • 20 outubro 2015
  • Lorenna Bastos
  • Tags: , , , ,
  •  -
    Ao longo desses anos percebi que boa parte das noivas que acompanham o nosso blog tem algo em comum: de um lado o sonho de fazer um casamento inesquecível e do outro um orçamento enxuto. Se você se encaixa nesse grupo o post de hoje é pra você. Eu bem sei que casar exige muito investimento e também fui uma dessas noivas que esbarravam no orçamento limitado.

    Essa é uma fase em que toda e qualquer economia é bem vinda e a noivas se tornam pechincheiras profissionais. É válido e justo, afinal qualquer descontinho vale à pena e na soma final faz bastante diferença. O que é perigoso é o outro lado: contratar alguém pra participar do seu sonho somente pelo preço.
    Sempre defendi, e continuo defendendo, que nem sempre o mais caro é o melhor ou que deva ser a única opção a ser considerada. Pelo contrário, você pode encontrar bons profissionais com valor acessível. A grande questão, antes de fechar negócio, é: você tá levando em consideração o valor ou somente o preço? “Existe diferença, Lorenna??”, pergunta a noiva assustada correndo pra calculadora. Sim, existe. E eu ouso dizer que ela vai ser determinante pro sucesso ou fracasso do seu dia.

    Quando você contrata alguém pelo preço,  só tá se preocupando com um detalhe: quanto vai pagar por aquele serviço. E fim. Isso é muito importante, especialmente quando não se tem muito pra investir, mas não é o único fato a ser considerado. Na minha fase noiva fiz uma escolha baseada somente no preço e te digo: a chance do negócio desandar é grande. No meu caso desandou, mas consegui reverter a tempo e contratar outro profissional que me exigiu mais investimento, mas em compensação fez muito mais do que eu imaginei. O problema é que nem sempre dá pra voltar atrás.

    Já quando você contrata alguém pelo valor sua análise é mais ampla. Você começa a entender que, mais do que ter um custo baixo ou alto, o profissional deve atender a necessidade do seu evento e as suas expectativas. Isso é o que a gente chama de relação custo-benefício. Ou seja, além de saber quanto aquele fornecedor cobra, você vai se atentar ao que está incluso nesse valor, ao que ele pode te oferecer e se ele realmente pode fazer tudo o que você espera. Interessante né? É uma bela solução pra não cair na armadilha do barato que sai caro.

    Essa é uma reflexão que faz muita diferença no seu planejamento. É algo pra se levar pra vida, porque quando fazemos essa análise antes de fechar qualquer negócio nos tornamos consumidores conscientes. Investir nos profissionais adequados para o seu grande dia é meio caminho andado pra que ele seja realmente inesquecível!
    -
    Beijos,
    Lorenna Bastos

    1 comentários :

    1. Nilzete Brito disse...
    2. Lorenna!
      Que vontade de sentar e ficar ouvindo suas experiências e conselhos sobre esse momento super importante das nossas vidas. Publicações como essa nos confortam bastante. Ainda não comecei a fazer orçamentos, mas só de ouvir sobre o quanto tudo é caro, já bate a tristeza e a incerteza de se será possível realizar esse sonho.
      Parabéns pela publicação!
      Que vc continue inspirando outras noivinhas a persistirem na realização dos seus sonhos.
      Beijos!!!

    Postar um comentário