Diário de Noiva | A trilha sonora do casamento (parte I)

1
  • 16 outubro 2014
  • Lorenna Bastos
  • Tags: , ,
  • Às vésperas de completar 01 ano de casados (mas já?!) e com a questão das fotos quase definida (depois de muita enrola por parte dessa que vos escreve, só falta receber os arquivos e escolher as fotos pro álbum. Só!), retomo meu diário de noiva falando sobre as músicas que escolhemos pra embalar nosso dia especial.

    A música faz parte da nossa vida e nós fazíamos questão de escolher a dedo cada uma delas. Algumas já estavam definidas há muito tempo, seja porque faziam parte da nossa história, seja porque gostávamos muito. Outras descobrimos durante os preparativos e de alguma forma tinham tudo a ver com a gente e com o momento que vivíamos.

    A escolha e contratação dos músicos ficaram a cargo de Hawston. Ele é músico e quis escolher alguém que conhecesse e confiasse. E mais, alguém que tocasse com o coração.  O escolhido para a produção musical do nosso casamento foi Natanael Soares, amigo e ex-professor do noivo. O grupo foi montado por ele, e contou com a participação da violinista Juliana Cruz. No dia, ao ouvir cada música sendo executada, tivemos a certeza de que fizemos uma ótima escolha!

    No vocal Adriana Melo, minha amiga e ministra de música da igreja que faço parte, Ludmilla Gurgel e Antônio Carlos, estes últimos indicações de amigas. Vozes belíssimas que deram ainda mais emoção às músicas selecionadas.

    Agora vou mostrar cada uma delas, seguindo a ordem do cortejo, e contar porque foram escolhidas:
    -
    Entrada dos padrinhos: Bitter Sweet Symphony (The Verve)

    Ouvi essa música num comercial de TV, ainda quando namorávamos. Desde então me apaixonei pelo som dos violinos que deixava a melodia super impactante e coloquei na cabeça que ela estaria no casamento. Confesso que a letra não é nem um pouco romântica, mas o instrumental (que foi como executamos) casou perfeitamente com a entrada dos padrinhos.

    Entrada do noivo: Sonho (Khorus) 


    Deixei a música da entrada do noivo à escolha única e exclusiva dele. Apesar da letra ser muito bonita, ele decidiu entrar ao som do instrumental. Enquanto eu esperava no carro e podia apenas ouvir sua entrada percebi que foi uma escolha super acertada. Ficou ainda mais bonita que o original!

    Entrada das demoiselles: A Thousand Years (Christina Perri) 


    Queridinha das noivas, essa música também conquistou meu coração e embalou a entrada das minhas damas: uma amiga querida, minha irmã e minha prima-xodó.

    Entrada da noiva: You and Me (Lifehouse)
    -

    Antes mesmo da gente noivar, quando já falávamos em casamento eu tinha uma certeza: não queria entrar com a marcha nupcial. O noivo acha a marcha meio fúnebre (pois é! rs) e eu sempre quis algo personalizado e com significado pra nós. Desde que noivamos eu só conseguia me imaginar indo até o altar com essa música, a nossa música. Ela está presente desde o comecinho do namoro e obviamente estaria no casamento. Ah, foi surpresa pra ele! Acho que isso tornou o momento ainda mais emocionante. Difícil conter as lágrimas e segurar a tremedeira viu? rs

    Com tantos detalhes, o post ficou imenso! Então resolvi dividir em duas partes pra não cansar vocês! Logo mais publico a continuação.

    Beijos,
    Lorenna Bastos

    1 comentários :

    1. Gessica Morais (Kinha) disse...
    2. Músicas lindas!!!

      Beijo
      ;)
      www.umalindapromessa.com

    Postar um comentário