Momento diferente | Cerimônia das Areias

1
  • 11 dezembro 2013
  • Lorenna Bastos
  • Tags: , , ,
  • Pra vocês que querem que a cerimônia religiosa tenha algum momento que fuja do tradicional, fazer esse “rito” com areias é uma boa pedida. Existem outras formas de fazer diferente, mas isso nós deixaremos pra falar outro dia, senão o post fica gigante! ;)

    De uma forma ou de outra, essas cerimônias são como dinâmicas que trazem um significado muito bonito, seja em que religião for – a união inseparável.

    Só um detalhe, pessoas: antes de bater o pé que vai querer alguma delas no casamento, é preciso conversar com o celebrante para saber se ele aceita fazê-la! Hahah!

    Vamos entender melhor?!

    Cerimônia das areias somente com os noivos:

     -
    Sobre o altar são colocados três vasos de vidro: um maior vazio e dois menores com areia de diferentes cores. Esses menores são um para o noivo e um para a noiva.

    É interessante que suas areias sejam de cores diferentes porque é exatamente assim que vocês, noivos, são, diferentes um do outro. Mas apesar disso, diante de Deus, se tornarão uma só carne.

    "...o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne" (Gênesis, cap. 2, vers. 24)

    Os noivos então pegam seus recipientes e despejam a areia no vaso maior, simbolizando a união do casal e a formação de uma nova família. Eles podem falar alguma coisa nesse momento...

    E assim como não dá pra separar os grãos de areia, que o amor que une os noivos os torne inseparáveis. “O que Deus uniu, o homem não separa” (Marcos, cap. 10, vers. 9).

    Não é lindo??? *-*

    Ah, vocês podem ainda acrescentar um vaso com areia branca, simbolizando Deus e sua presença garantida na relação de vocês.

    Cerimônia das areias com os noivos, pais e padrinhos:

     -
    A diferença aqui é que, além dos noivos, os pais e padrinhos também participam desse momento, que traduz a benção de todos sobre aquela família que se inicia.

    Pra o momento não ficar muito longo e ser necessário tantos vidrinhos, é legal que para pais e padrinhos seja um recipiente por casal.

    Aqui também vale a simbologia das cores, sendo interessante que o celebrante explique o que cada uma representa antes da areia ser despejada no vidro maior:

    Preto - significa dignidade.
    Branco - paz,  calma,  pureza.
    Vermelho - simboliza o amor, a paixão, o desejo.
    Verde - vigor, juventude, frescor, esperança e calma.
    Amarelo - calor, luz, prosperidade e otimismo.
    Azul - Simboliza a lealdade, a fidelidade, a personalidade e sutileza.
    Castanho - é a cor da Terra. Esta cor significa maturidade, consciência e responsabilidade. Está ainda associada ao conforto, estabilidade, resistência e simplicidade.
    Lilás - significa espiritualidade e intuição.
    Rosa - significa beleza, saúde, sensualidade e também romantismo.
    Dourado -  associada ao ouro e à riqueza, a algo majestoso.

    E a sequencia seria a seguinte: primeiro noivos, depois os pais e, por fim, os padrinhos.

    Gentem, a dica aqui é que vocês escolham um recipiente bonito (o maior) e, se possível, que possa ser tampado posteriormente, para que fiquem com essa lembrança tão especial do casamento.
    Não é legal?! Fazer algo com tanto significado é simplesmente o must! Hahaha!

    Quem vai fazer levanta a mão!

    Beijos!!
    Raquel Cavalcanti

    1 comentários :

    1. Géssica (Kinha) disse...
    2. Eu fiz no meu casamento.. as fotos ficaram lindas!
      Beijo

    Postar um comentário