Fiquei noiva! Por onde começo?!

1
  • 09 janeiro 2013
  • Lorenna Bastos
  • Tags: ,

  • Muitas noivas têm me procurado com dúvidas sobre o planejamento do casamento. Dúvidas que eu também tinha há um tempo. A principal (e mais abrangente delas) é: Por onde eu começo?

    Baseado nisso, criei esse planejamento que pode ser o ponto de partida na preparação pro seu grande dia. É um norte no meio dessa enxurrada de informações casamentícias que a gente recebe todos os dias.

    Esse ponto de partida é baseado na minha experiência pessoal (afinal, eu também estou organizando meu casamento), e é também fruto de alguns anos de pesquisa e de experiência em outros casamentos que ajudei a organizar.

    Após responderem as perguntas abaixo vocês terão dado os primeiros passos para a realização do seu grande dia e conseguirão visualizar exatamente o que estão planejando.

    01. Qual é o nosso sonho de casamento?
    Para alguns, o casamento dos sonhos é de dia, na beira do rio, com as pessoas mais amigas presentes e um almoço simples. Outros não se imaginam casando sem uma festa enorme, com muito luxo e glamour. Não importa o estilo, a melhor coisa que podemos ouvir é “esse casamento foi a cara de vocês.”
    Pra isso é necessário que vocês definam o estilo e horário da sua festa: de manhã, de tarde ou de noite? No campo, na cidade ou na praia? Um festão ou um mini casamento? Brunch, almoço, coquetel, jantar ou bolo com champangne? Decoração rústica, clássica ou clean? Vamos casar na igreja ou faremos tudo no mesmo local? 
    Essas são só algumas opções do que vocês podem fazer. Gosto sempre de frisar que não existe um padrão, um jeito certo de se celebrar um casamento. Existe o seu sonho e o seu bolso. E são essas coisas que devem ser respeitadas.

    02. Quanto queremos/podemos investir?
    Já sabe o que quer? Todo sonho tem seu preço e é nessa hora que vocês vão definir o quanto pretendem investir para a realização dele. O que eu aconselho sempre é que o casal comece a juntar dinheiro assim que decidirem se casar, mesmo que o noivado ainda demore um pouco.  
    Além disso, é a hora de decidir quem contribuirá financeiramente para a realização deste momento. Só não vale achar que os pais ou qualquer outra pessoa têm a obrigação de contribuir com algo. Planejar o casamento se baseando em supostas contribuições de terceiros também é um erro comum entre os casais. É melhor se planejar pra gastar o que vocês realmente podem, e qualquer ajuda extra será lucro. Aqui é uma parte em que se precisa de muita conversa e consenso. Definir esse teto é importante pra que vocês consigam focar no que se planejou fazer e no quanto poderão investir.

    03. Quais serão nossas prioridades?
    Se não se pode ter tudo, pense com seu noivo: quais são os itens mais importantes pra nós? Em que nós não economizaremos?  Todos os detalhes do casamento são importantes, mas quando a gente não pode investir muito em todos eles, o ideal é escolher alguns no quais vocês despenderão um pouco mais de dinheiro. Pode ser nas fotos, no buffet, na decoração, no local, no seu vestido de noiva...não existe regra. Essa é uma escolha muito pessoal e o que importa é que vocês estejam felizes e satisfeitos com ela. É bom lembrar que isso não significa que os outros itens serão contratados com menos cautela e zelo.

    04. Qual será o tamanho do nosso casamento?
    O primeiro passo concreto para a realização do seu grande dia é fazer um esboço da sua lista de convidados. Obviamente ela não será a lista definitiva, mas vai dar a vocês uma idéia de quantas pessoas serão convidadas. Além disso, é muito importante saber a quantidade de convidados no momento de fazer os orçamentos. É esse número que definirá os rumos da sua comemoração. Não é algo fácil de elaborar, mas deve contar com o bom-senso dos noivos e principalmente das famílias destes.
    Em breve nós teremos um post com algumas dicas pra você fazer a tão temida lista de convidados.

    05. Quando nos casaremos?
    Respondidas as perguntas acima vocês já terão condições de escolher a data do casamento. Para que este dia chegue, vocês precisarão de tempo para se organizar financeira e emocionalmente. São muitos detalhes a serem decididos, quanto menos tempo tiverem pra isso, mais estressante será. Para evitar os estresses, o ideal é que comecem a se organizar de 1 a 1 ano e meio antes. Lembrem-se que casar não é só festa, vocês precisam pensar na casa, na nova rotina, na lua-de-mel, enfim...pra tudo isso é necessário tempo.

    06. Agora é hora de pesquisar!
    As pesquisas fazem parte da rotina da noiva e a internet é uma ótima ferramenta pra isso. Abra uma pastinha no seu computador e vá salvando todas as inspirações que achar interessante. Você também deve pesquisar sobre os fornecedores que pretende contratar, e pra isso nada melhor do que recorrer a outras noivas (e à sua assessora, caso contrate uma) e a blogs especializados. Aqui no Blog e na nossa fan page você encontra algumas inspirações para o seu grande dia. Se você é de Petrolina, juazeiro e região, nós temos um grupo no facebook pra trocar dicas e conhecer os fornecedores.

    Para te ajudar no planejamento nós já disponibilizamos um checklist. Para baixá-lo  é só clicar aqui.

    Qualquer dúvida, manda um e-mail pra gente: blogportodavida@gmail.com

    Beijos,
    Lorenna Bastos

    1 comentários :

    1. Ju disse...
    2. Oi Lore!!!
      Post muito muito bom. Vai tirar as dúvidas de muitas noivinhas que estão começando agora a ver os preparativos do casamento.
      Beijos, querida!
      Ju

      http://simaceito.blogspot.com

    Postar um comentário